Segurança

blitze_3.jpg

RS Órgãos de segurança participam de ação de conscientização sobre o Coronavírus

Foto: Fabiane Capellaro 

Na tarde do dia 2 de julho, foi promovida mais uma ação de conscientização sobre o Coronavírus. Na Rua Silva Paes, foi realizada uma blitze orientativa de pedestres e motoristas sobre cuidados preventivos ao Covid-19, com apoio dos órgãos de segurança.


Foi realizada entrega de materiais informativos, verificação de temperatura, distribuição de sabão caseiro, produzido pela Comunidade Terapêutica, e máscaras confeccionadas por voluntários do município.


A ação é promovida pela Secretaria de Segurança e Defesa Civil, e contou com apoio da Polícia Civil, Brigada Militar, Guarda Civil Municipal, Corpo de Bombeiros e Departamento Municipal de Trânsito.


Foram 246 pessoas sensibilizadas e 189 veículos abordados. Foram distribuídas 207 barras de sabão e 215 máscaras. Nenhuma temperatura acima da média foi registrada.

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura

01161240_1858643_GDO.jpeg

RS Seguro amplia de 18 para 23 os municípios priorizados no programa

Foto: Rodrigo Ziebell / SSP

O RS Seguro – Programa Transversal e Estruturante de Segurança Pública – terá ampliado seu foco territorial para o combate à criminalidade e a implantação de políticas sociais preventivas. O grupo de municípios priorizados no planejamento de ações, que até então reunia os 18 onde havia se concentrado os maiores índices de criminalidade entre 2009 e 2018, vai agregar cinco outras cidades: Bento Gonçalves, Cruz Alta, Farroupilha, Ijuí e Lajeado.

O anúncio foi realizado na tarde desta quarta-feira (1°/7), em videoconferência do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, com prefeitos das cinco cidades.

 

A partir dos resultados alcançados em 2019, que encerrou com os menores indicadores criminais da década, o comitê executivo do RS Seguro qualificou os critérios técnicos para a escolha dos municípios a serem priorizados, de forma a refletir o cenário mais recente da criminalidade no Estado.

 

“Depois do sucesso em intensificar o combate ao crime nos municípios que concentravam os maiores índices de violência da última década, queríamos avançar com essa estratégia naqueles em que a violência se faz mais presente no contexto atual. Isso vai nos permitir dar respostas mais incisivas nos locais onde os homicídios ainda estão em nível elevado”, explicou o vice-governador Ranolfo aos prefeitos durante a videoconferência.

Para isso, foram realizadas três simulações de ranqueamento pela incidência de crimes violentos letais intencionais (CVLI). A primeira manteve os critérios da pesquisa que selecionou os 18 municípios iniciais, mas reduziu alguns parâmetros. Os períodos observados foram 2010 a 2019 (últimos 10 anos) e de 2015 a 2019 (últimos 5 anos), e a população mínima considerada foi reduzida de 65 mil para 60 mil moradores. O ponto de corte da média anual de mortes violentas baixou de 50 para 25 mortes, e o critério da taxa de vítimas para cada 100 mil habitantes também foi diminuído, de 30 para 25.

 

A segunda simulação usou esses mesmos critérios reduzidos, mas também encurtou os períodos avaliados, analisando apenas dados de 2018 a 2019 somados (últimos dois anos) e os do ano passado isoladamente (último ano).

 

Por fim, a terceira simulação também utilizou esses dois períodos mais recentes (2018 a 2019 somados – últimos dois anos – e os do ano passado isoladamente – último ano), mas selecionou somente os municípios em que as taxas de CLVI para cada 100 mil habitantes fossem superiores às médias do Estado nos últimos dois anos (2018-2019: 21,1 mortes para cada 100 mil habitantes) e no último ano (2019: 18,4 mortes para cada 100 mil habitantes).

 

Embora não tenha aparecido nas três simulações de incidência de CVLIs, o município de Ijuí também passará a fazer parte do grupo prioritário porque o corpo técnico do RS Seguro detectou um incremento de quase o dobro na taxa de vítimas para cada 100 mil habitantes entre 2018 e 2019. A taxa passou de 5,7 para 16,8 (194,7%) – foi o terceiro maior crescimento, ficando atrás apenas de Farroupilha, que apareceu nas simulações, e Cachoeira do Sul (mas com a metade da taxa registrada em Ijuí).

Além disso, Ijuí sofreu uma mudança de patamar nos últimos anos: enquanto entre 2014 e 2018 a média anual era de 6 CVLIs, em 2019 essa marca saltou para 15 vítimas, e até junho de 2020, já foram registradas 13 mortes violentas na cidade.

 

A ampliação no número de municípios também aumenta a representatividade do grupo priorizado em relação ao Estado nos três indicadores que são acompanhados pelo ciclo mensal de GESeg.

 

Enquanto os 18 municípios iniciais respondiam por 45% da população do RS, o grupo com 23 cidades soma 49% do total de habitantes. No indicador de mortes violentas, o conjunto que antes acumulava 71% das vítimas agora representa parcela de 72,2%. Nos roubos a veículos, o percentual passa de 89% para 91%, e no roubo a pedestres, de 88% para 89,7%.

COMO FUNCIONARÁ A INCLUSÃO DOS NOVOS MUNICÍPIOS NO PROGRAMA

A inclusão dos novos municípios nos trabalhos irá ocorrer em duas etapas. No eixo 1 do programa – combate à criminalidade – o início será imediato. Ainda neste mês de julho, as forças de segurança dessas cinco cidades farão a capacitação das equipes e a definição de seus indicadores locais para participar, já em agosto, do ciclo mensal de monitoramento da Gestão de Estatística em Segurança (GESeg), que agora fará a análise dos dados de 23 cidades.

 

Já faziam parte da sistemática, que completa um ano de implantação neste mês de julho, Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Maria, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Tramandaí e Viamão.

 

Além disso, os cinco novos municípios darão início ao estudo para criação em seus territórios das Áreas Integradas de Segurança Pública (AISPs). Mais do que uma premissa, a integração entre os órgãos de segurança é vista dentro do RS Seguro como instrumento fundamental para ampliar a eficiência do combate à criminalidade e a redução dos índices. A implantação das AISPs é a concretização prática dessa estratégia, ao promover a compatibilização das áreas de atuação nas cidades pela Polícia Civil e pela Brigada Militar.

 

Isso permite melhor sintonia entre as delegacias de polícia e batalhões que atendem as diferentes regiões de uma cidade, facilitando a troca de informações e o trabalho conjunto.

 

Entre os municípios que já faziam parte do grupo prioritário, 13 já tiveram os estudos concluídos e em 11 desses o método já está sendo aplicado. A meta é finalizar a implantação nos 18 até o final de 2020.

 

No eixo 2 do programa – políticas sociais preventivas –, a previsão é que os cinco novos municípios no grupo prioritário iniciem as ações em agosto. Até lá, as prefeituras farão a indicação dos pontos focais para interlocução com o corpo técnico do RS Seguro, que opera a análise estatística para identificar os bairros e escolas a serem integrados no foco de atuação.

 

Nos 18 municípios que já compunham o grupo prioritário, a avaliação de indicadores relacionados à vulnerabilidade social e ao desempenho educacional elencou 52 bairros e 169 escolas que necessitam de intervenção especial. O recorte soma 116,2 mil alunos atendidos como público-alvo de mais de 30 projetos executados pelas secretarias de Estado envolvidas no programa transversal – Educação, Saúde, Trabalho e Assistência Social, Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Esporte e Lazer, Cultura e Inovação, Ciência e Tecnologia.

Texto: Carlos Ismael Moreira/Ascom SSP
Edição: Marcelo Flach/Secom

20172522_115178_GD.jpeg

Polícia Civil amplia possibilidade de registros pela Delegacia Online para evitar deslocamentos de pessoas

Foto: Reprodução/Polícia Civil

O registro de uma ocorrência policial para “outros fatos criminais em geral” é a nova ferramenta disponibilizada, a partir desta sexta-feira (20), pela Delegacia Online da Polícia Civil do Rio Grande do Sul. A fim de prevenir o crescimento de casos do novo Coronavírus (COVID-19), evitando a circulação e o contato de pessoas, a instituição passa a registrar nos plantões de suas delegacias apenas casos que demandem a intervenção policial imediata, como homicídio, latrocínio, estupro, roubo, recuperação e devolução de veículos e violência doméstica. Além da nova ferramenta, desenvolvida pela Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs), 29 fatos criminais específicos que já existiam na página e permanecem disponíveis para registro.

Conforme a chefe de Polícia Civil, Delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, a medida é de extrema importância, uma vez que a instituição se alia aos órgãos de saúde e autoridades dos setores competentes na luta contra a proliferação do Coronavírus. “É preciso conscientizar a população de que o trabalho da Polícia Civil não parará, mas que alguns serviços podem, sim, ser eficientes e atenciosos, mesmo quando não feitos em guichês de delegacias. Nesse momento, a intenção é diminuir o fluxo de pessoas nas ruas, e, pra isso, a DOL é um dos instrumentos mais eficazes oferecidos pela Polícia”, afirma a delegada.

 

Como Registrar:

1. Acesse o site da Delegacia Online, por meio de um computador, tablet ou smartphone.

2. Tenha em mãos documento de identidade ou CPF. Também é necessário endereço de e-mail válido.

3. Para outros fatos, preencha o formulário disponível na página. É nele que o cidadão irá narrar os fatos e contar, na sua versão, o que aconteceu. Já se o crime consta em uma das 29 opções específicas do site, o cidadão deve clicar no fato e seguir as instruções.

4. A partir do início do registro já será gerado um número de protocolo com 15 dígitos, possibilitando a continuidade do preenchimento em outro momento, sendo gerado, portanto, um rascunho antes da finalização. Esse protocolo será enviado por e-mail ou mensagem de celular (o SMS é gerado apenas para quem tem Login Cidadão RS).

5. Finalizado e enviado registro, é necessário aguardar a validação por parte da Polícia Civil para que o registro tenha validade.

6. Para acessar a ocorrência, basta consultar o protocolo no site da DOL. A partir daí, é possível visualizar a ocorrência por meio de um PDF. O documento tem a mesma validade do que seria entregue na Delegacia de Polícia.

7. Para imprimir a ocorrência, é preciso ter acesso a uma impressora.

Atendimento nas delegacias

Os cidadãos que necessitarem de atendimento presencial não ficarão desassistidos. Todos serão orientados à higienização com álcool em gel, que será fornecido pelo órgão, tão logo adentrem as delegacias. Em locais onde não houver barreira de vidro que separe o servidor do indivíduo, deverá ser adotada uma distância mínima 1,5 metros para atendimento.

O alerta, no entanto, é para atendimento de quem apresentar sintoma respiratório (gripe, espirro, coriza, secreção nasal etc.), que ficará condicionado à proteção da saúde do servidor policial. Os responsáveis pelas delegacias também estão orientados a evitar a entrada simultânea ou a aglomeração de pessoas, principalmente nos plantões.

05133608_113060_GDO.jpg

CBMRS convoca candidatos de concurso ao cargo de soldado para apresentação de exames de saúde

POR TAMIRES RODRIGUES EDIÇÃO: LURDINHA MATOS

O governo do Estado publicou nesta quarta-feira (05), no Diário Oficial do Estado (DOE), a convocação de candidatos do concurso do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) ao cargo de soldado para apresentação de exames e laudos de saúde. A medida é uma das etapas a serem cumpridas para o preenchimento de vagas, com curso de formação a ser iniciado em março, conforme cronograma de chamamento apresentado em novembro do ano passado pelo governador Eduardo Leite e pelo vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior.

Foram convocados 100 candidatos, respeitada a ordem de Classificação Geral/Universal e o percentual de vagas para negros e pardos, para o provimento de oitenta (80) vagas. Os classificados devem acessar, de 15 à 20 de fevereiro de 2020, o site do CBMRS e preencher a ata de saúde disponível no portal.

 

A ata deve ser entregue durante a realização da verificação dos exames médicos pela Banca de Saúde da Brigada Militar, conforme cronograma de convocação. A avaliação médica será realizada no dia 20 de fevereiro no Centro Clinico do Hospital da Brigada Militar –  Rua Doutor Castro de Menezes, nº 155 A, Vila Assunção , Porto Alegre, a partir das 8h30min da manhã.

 

Para a realização da nova Junta de Avaliação Médica, todos os convocados devem se apresentar na data, horário e local específicos, com uma hora de antecedência portando documento de identidade com foto — se militar Estadual, apresentar junto a Identidade Funcional— e os exames e laudos relacionados nos itens 8.2.6.1 e 8.2.6.2 do Edital DA/DReSA nº SD-B 01/2017 Soldado de 1ª Classe - QPBM/CBM e trajando sunga (para o sexo masculino) ou maiô (para o sexo feminino).

 

O resultado da avaliação médica será no dia 21 de fevereiro. A entrega de documentação dos candidatos para posse/ inclusão e apresentação do exame toxicológico acontecerá no dia 23 de março.

Confira o edital de convocação dos candidatos:  EDITAL DA/DRH/SRS nº SD-B 10/2019 - CONVOCAÇÃO NOVA JUNTA SAÚDE (CBFBM17) (.pdf 138,12 KBytes)

IMG_6874.jpg

Guarda Civil divulga balanço de ações

Uma das principais bandeiras da Administração Municipal, a Segurança Pública concretizou em 2019 um projeto que beneficia a população de Bento Gonçalves, a formação da primeira turma da Guarda Civil. Cinco meses após o início das atividades a Secretaria de Segurança divulga o balanço das ações realizadas pelos 18 agentes na cidade. Foram 51 prisões e 1062 abordagens.


A Guarda Civil Municipal (GCM) realiza diversas ações de patrulhamento preventivo nos bairros da Cidade. As operações, que visam estreitar a relação entre o órgão e a população, são constantes e itinerantes, de acordo com a necessidade de cada região. "A Guarda está inserida na comunidade, foram feitas diversas ações nos bairros para que os agentes se familiarizassem com as comunidades e pudessem entender o contexto de cada local. Nossos planejamentos de ações são realizados com estes dados. Além disso, a Guarda participa de ações conjuntas com as forças de segurança", destaca o Secretário de Segurança, Diego Caetano de Souza.

 

Ainda conforme o Secretário as 51 prisões envolvem posse de entorpecentes, embriaguez, furto qualificado, direção perigosa, mandado de prisão em aberto, perturbação do sossego, entre outros. Além disso, foram apreendidas 61 porções de maconha e 4,52 g de cocaína, apreensões de facas e munições.

 

Com o convênio do Programa SIM, assinado com a Secretaria de Segurança do Estado, Bento foi o primeiro Município, cuja formação da Guarda Civil foi realizada através da Brigada Militar. Às 776 horas/aula foram ministradas por instrutores capacitados, oficiais da Brigada Militar, Delegados de Polícia, e agentes de segurança de outras instituições.

 

Queda no índice de criminalidade

Segundo dados da Secretaria de Segurança, de janeiro a dezembro deste ano, o Município registrou queda de 61,46% nos casos de roubo a estabelecimento comercial, 36,07% furto e roubo de veículos e 56,61% em arrombamentos, se comparado ao mesmo período de 2018.

 

Os índices de homicídios encerraram estáveis, sendo que setembro, outubro e novembro os dados foram menores do que em 2018. Em setembro foi registrada a menor média dos últimos 11 anos de acordo com o Painel de Resultados da Brigada Militar. "A cidade ano a ano vem reduzindo a criminalidade, com ações qualificadas desenvolvidas por todos os órgãos de segurança, Brigada Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Municipal, com apoio do Ministério Publico, Consepro e vários setores da comunidade", destaca o Secretário.

 

Assessoria de Comunicação Social

WhatsApp_Image_2019_09_19_at_133451_1_ed

Palestras fazem parte das ações na semana nacional de trânsito

Na Semana Nacional de Trânsito, que segue até o dia 25, os agentes do Departamento Municipal de Trânsito e os Guardas Civis Municipais estão atuando também na prevenção, através de palestras de conscientização aos usuários das vias públicas. Nesta manhã de quinta-feira, 19, os motoristas da Prefeitura e taxistas participaram das atividades.

 

Além disso, foram colocadas em alguns pontos da cidade, faixas que chamam a atenção para o tema, "No trânsito, o sentido é a vida".

 

No decorrer da semana serão realizadas diversas atividades pela Secretaria Municipal de Segurança, através do Departamento Municipal de Trânsito e Guarda Civil Municipal em conjunto com demais entidades, como Sest Senat, Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar, CFC's e escolas municipais e estaduais do Município.

 

Programação:


Dia 21
Ação de Conscientização no trânsito com participação de personagens de "super - heróis" e Azulito com distribuição de material educativo
Local: Praça Achyles Mincarone/Xingu - Horário: A partir das 15h

 

Dia 22
*Tendas informativas com distribuição de materiais - SEST SENAT, PRF, DMT, GCM, BM, Polícia Civil
Local: Praça Achyles Mincarone - Horário: Das 15h às 17h

 

Dia 23
*Palestra; Escola Infantil Mamãe Coruja
Local: São Roque - Horários: 8h; 14h
*Blitz educativa juntamente com CFC Bento G.
Local: Júlio de Castilhos/ 13 de Maio - Horário: das 16h às 17h
*Cinema Rodoviário
Local: 10 de novembro, 190 - Horário: Das 17h30 às 19h30

 

Dia 24
*Palestra;
*Distribuição de materiais juntamente com a Escola Luz do Amanhã
Local: Vila Nova I - Horário: 9h30
*Palestra Escola Infantil Pedacinho do Céu
Local: São Bento - Horário: 14h

 

Dia 25
*Palestra para colaboradores CFC Bento Gonçalves
Local: Tv. Bahia, 118 - Horário 8h às 9h15
*Blitz educativa juntamente com alunos do CFC PUMA
Local: Planalto - Horário: 10h às 11h
*Cinema Rodoviário 
Local: Dependências da PRF - Horário: Das 17h às 19h

 

Assessoria de Comunicação Social

presidio bento.jpg

Governador inaugurou Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves

O governo do Estado deu, na manhã quinta-feira (3/10), mais um passo rumo à redução do déficit prisional gaúcho. A inauguração da Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves cria 420 vagas para o sistema fechado, com duas galerias, e oito vagas para pessoas com deficiência e 24 de isolamento. O número representa 19,35% de um total de 2.170 vagas que devem ser criadas, no Estado, em curto prazo.

Gradualmente, até o começo de novembro, os detentos recolhidos no Presídio Estadual de Bento Gonçalves serão transferidos para a nova penitenciária, que se localiza na rua Avelino Signor, 1.170, na Linha Palmeiro. A ocupação começou a ser realizada na quarta-feira (2/10). O investimento na área de 5.645 metros quadrados foi de R$ 30,9 milhões, pagos via permuta do prédio da Superintendência do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) de Bento Gonçalves, avaliado em R$ 19 milhões. Os outros R$ 11 milhões são recursos do Fundo Estadual de Gestão Patrimonial do Estado.

Na inauguração, que contou com descerramento da placa e entrega do habite-se, o governador Eduardo Leite destacou que o preso não irá conseguir se recuperar se constatar que não tem possibilidade de reinserção na sociedade. “Segurança pública é uma das grandes demandas do Brasil. Todos os presidiários retornarão ao convívio social, e precisam voltar melhor do que entraram. A pena precisa ter duplo caráter, o de punição individual e o de ressocialização coletiva. Se não houver uma mudança de cultura com relação ao trato prisional, não chegaremos a melhores resultados”, explicou.

O sistema prisional é um dos quatro eixos do RS Seguro, programa transversal e estruturante lançado em fevereiro. Ao lado, estão a prevenção, a repressão à criminalidade e o atendimento ao cidadão.

Ao descrever a inauguração do local como um produto de convergência entre a comunidade da Serra,  especialmente bento-gonçalvense, o secretário da Administração Penitenciária, Cesar Faccioli, destacou que a inauguração não representa apenas um novo prédio, e sim, uma nova dinâmica de trabalho prisional.

“Passamos por um momento delicado, com uma crise estrutural e histórica de déficit prisional. Não podemos nos deixar levar pelo desespero. Temos de levar como referência casas como o presídio de Canoas, que foca a ressocialização do preso, permitindo que trajetórias possam ser recicladas e que vidas possam recomeçar”, disse Faccioli.

A solenidade também contou com a presença do superintendente da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), César da Veiga, do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, do secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, e do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin.

A construção, realizada pela Verdi Sistemas Construtivos, começou em maio do ano passado, tendo 12 meses como prazo inicial previsto para o término. As obras foram concluídas dentro do prazo, mas a inauguração atrasou devido a questões burocráticas e liberação de alvarás, situações já solucionadas. O governador, acompanhado por Ranolfo e por Faccioli, já havia visitado e inspecionado a penitenciária em julho deste ano.

A realocação dos presos será feita em etapas, tendo como critérios variáveis discutidas e avaliadas pelas secretarias da Segurança Pública e da Administração Penitenciária. Os detalhes não serão revelados por motivos de segurança.

O governador também garantiu que o antigo Presídio Estadual de Bento Gonçalves será demolido. “Vamos devolver o espaço à sociedade, atendendo à demanda que a cidade julgue necessária, conforme acordado”, garantiu. Além disso, um novo Batalhão de Choque, com 110 novos policiais, será instalado na serra, em Caxias do Sul. Outro está garantido para Pelotas. Os batalhões de Santa Maria e Passo Fundo ganharão reforços.

Novas vagas para o sistema prisional

A criação qualificada de vagas prisionais por meio da Secretaria de Administração Penitenciária (Seapen) é o principal objetivo traçado pelo quarto eixo – sistema prisional – do RS Seguro.

Pelo sistema de permuta de imóveis do Estado por área construída, estão em andamento as obras da Penitenciária Estadual de Sapucaia do Sul (600 vagas), que deverá ser entregue até o final deste ano. Também via permuta, será realizada ampliação no Complexo Prisional de Canoas, com investimento de R$ 6,98 milhões para 192 vagas até o final de 2019.

Com recursos do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), está em construção a Cadeia Pública de Alegrete (286 vagas), prevista para ficar pronta no 1º semestre de 2020. O RS ainda obteve com a União a renovação de prazo para retomar as obras da Penitenciária Estadual de Guaíba (672 vagas), que deverá ser concluída com recursos do Estado até o final do próximo ano.

Texto: Suzy Scarton
Edição: Patrícia Specht/Secom

13122247_105035_GDO.jpeg

Ranolfo assina criação de área integrada de segurança

em Caxias do Sul

Governador em exercício, o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, assinou na tarde desta quinta-feira (12/9) a criação das Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) de Caxias do Sul. A medida faz parte das ações do programa transversal e estruturante RS Seguro para os 18 municípios priorizados pelo planejamento estratégico.

A assinatura do decreto ocorreu ao final do encontro mensal de Gestão Estatística em Segurança (Geseg), que reuniu autoridades das forças de segurança pública dos 18 municípios no Salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

Mais do que uma premissa, a integração entre os órgãos de policiamento é vista dentro do RS Seguro como instrumento fundamental para ampliar a eficiência do combate à criminalidade e a redução dos índices, cujo resultado até agosto também foram divulgados na reunião de Geseg, mantendo a tendência de queda em praticamente todos os delitos – e a implantação das AISP é a concretização prática dessa estratégia.

“As AISP consistem na compatibilização das áreas de atuação nas cidades pela Polícia Civil e pela Brigada Militar. Isso permitirá melhor sintonia entre as delegacias de polícia e batalhões que atendem as diferentes regiões de uma cidade, facilitando a troca de informações e o trabalho conjunto”, afirmou o governador em exercício.

Em Caxias do Sul, serão três AISP, cada uma responsável por determinado número de bairros da cidade, conforme os distritos da Polícia Civil, no quais haverá compatibilização para o atendimento integrado com uma das duas companhias da Brigada Militar no município. A 1ª Cia da BM terá a mesma circunscrição territorial da 1ª e da 3ª DPs distritais de Caxias do Sul. A 2ª Cia da BM vai atuar na mesma área territorial da 2ª DP distrital.

O primeiro dos 18 municípios prioritários do RS Seguro a aplicar o sistema foi Canoas, cujas AISP foi criada por decreto assinado pelo governador Eduardo Leite no dia 15 de julho. A meta é implantar as AISP nos 18 municípios até dezembro de 2020.

 

POR CARLOS ISMAEL MOREIRA / SSP

Foto: Rodrigo Ziebell / SSP

formatura guarda civil.jpeg

Convite para formatura da guarda civil municipal é entregue ao

vice-governador do estado

Nesta quinta-feira, 18, o vice-prefeito, Aido José Bertuol, juntamente com o capitão da Brigada Militar, Diego Caetano de Souza, que será nomeado secretário de Segurança de Bento Gonçalves, realizaram a entrega do convite para a formatura da Guarda Civil Municipal ao vice-governador e secretário de Segurança Pública do Estado, Ranolfo Vieira Júnior. A formatura dos 18 agentes será realiza no dia 27 de julho, sábado, às 10h, na Via Del Vino.

 

Assessoria de Comunicação Social

Foto: Divulgação

11142114_100304_GDO.jpeg

Formatura do curso de Batedores Motociclistas, entrega de armamento e talonários eletrônicos

Na segunda-feira (10/6), às 17h, no Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), em Porto Alegre, foi realizada a solenidade de formatura da 7ª edição do curso de Batedores Motociclistas, entrega de armamento e talonários eletrônicos de multas.

O curso teve duração de 50 dias com intensas atividades realizadas sob a coordenação do Pelotão de Motos do CRBM e supervisão do Departamento de Ensino da Brigada Militar.

 

Foram 300 horas-aulas distribuídas entre as disciplinas de direção defensiva, noções gerais de mecânica, manutenção e conservação de motocicleta, noções de socorros públicos, habilidades I, II e III, técnicas básicas e avançadas de pilotagens com motocicletas, técnicas de abordagens, proteção armada, escoltas, avaliação prática, avaliação teórica. 

 

Na ocasião, foram entregues 40 carabinas da marca Imbel calibre 556 mm, modelo IA2 e 150 talonários eletrônicos de multas. Os recursos envolvidos na aquisição têm como origem o tesouro do Estado através da Secretaria de Logística e Transportes por meio do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem.

Prestigiaram o evento, o Vice-Governador e Secretário de Estado da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Junior; representando o presidente da Assembleia Legislativa, a deputada estadual, Franciane Bayer; comandante-geral da BM, coronel Mário Yukio Ikeda; o diretor da Divisão de Programas de Pós-Graduação da Polícia Civil, Delegado Adriano Pelusio Melgaço Junior; diretor de Administração e Finanças DAER, Pablo Pecoits Xavier; demais autoridades civis e militares.

POR COMUNICAÇÃO SOCIAL/EMBM

viaturas.jpg

BENTO RECEBE VIATURAS E FUZIS PARA ÓRGÃOS DE SEGURANÇA DO MUNICÍPIO

 

Na manhã desta segunda-feira, 27, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, o Município  recebeu cinco viaturas para a Brigada Militar e três fuzis para a Polícia Civil. Os veiculos foram entregues pelo Governador Eduardo Leite e o vice e Secretário de Segurança, Ranolfo Vieira Junior.

 

O Prefeito Guilherme Pasin, secretário de Segurança, tenente-Coronel José Paulo Marinho, e o já anunciado secretário que deverá assumir a pasta nos próximos dias, capitão Diego Caetano de Souza acompanharam a entrega.

 

Na oportunidade, o Governo do Estado entregou 226 viaturas SUV e 46 viaturas picapes para a Brigada Militar. A Polícia Civil recebeu 89 carabinas. Os veículos e o armamento foram adquiridos via emenda parlamentar da bancada federal gaúcha.

 


"As viaturas e os fuzis que recebemos hoje compõe um pacote de investimentos no valor de R$1,3 milhão que foram captados pela Secretaria de Segurança de Bento Gonçalves, através de emendas parlamentares. É um momento de conquistas para o Município e uma soma de todos os esforços", enfatizou o prefeito Guilherme Pasin.

 


O Município ainda deve receber nos próximos dias 14 câmeras de videomonitoramento, quatro fuzis para a Brigada Militar, e seis coletes a prova de balas para a Polícia Civil.

 

 

Assessoria de Comunicação Social

Fotos: Emanuele Nicola

Jornalista Responsável

Jairo Caprara - MTPS 3522

oecodovale@italnet.com.br

 

Filiado à ADJORI/RS e ABRAJORI

© 2016 by LHS - Assessoria Digital

Foto: José Martim Estefanon