Segurança

presidio bento.jpg

Governador inaugurou Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves

O governo do Estado deu, na manhã quinta-feira (3/10), mais um passo rumo à redução do déficit prisional gaúcho. A inauguração da Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves cria 420 vagas para o sistema fechado, com duas galerias, e oito vagas para pessoas com deficiência e 24 de isolamento. O número representa 19,35% de um total de 2.170 vagas que devem ser criadas, no Estado, em curto prazo.

Gradualmente, até o começo de novembro, os detentos recolhidos no Presídio Estadual de Bento Gonçalves serão transferidos para a nova penitenciária, que se localiza na rua Avelino Signor, 1.170, na Linha Palmeiro. A ocupação começou a ser realizada na quarta-feira (2/10). O investimento na área de 5.645 metros quadrados foi de R$ 30,9 milhões, pagos via permuta do prédio da Superintendência do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) de Bento Gonçalves, avaliado em R$ 19 milhões. Os outros R$ 11 milhões são recursos do Fundo Estadual de Gestão Patrimonial do Estado.

Na inauguração, que contou com descerramento da placa e entrega do habite-se, o governador Eduardo Leite destacou que o preso não irá conseguir se recuperar se constatar que não tem possibilidade de reinserção na sociedade. “Segurança pública é uma das grandes demandas do Brasil. Todos os presidiários retornarão ao convívio social, e precisam voltar melhor do que entraram. A pena precisa ter duplo caráter, o de punição individual e o de ressocialização coletiva. Se não houver uma mudança de cultura com relação ao trato prisional, não chegaremos a melhores resultados”, explicou.

O sistema prisional é um dos quatro eixos do RS Seguro, programa transversal e estruturante lançado em fevereiro. Ao lado, estão a prevenção, a repressão à criminalidade e o atendimento ao cidadão.

Ao descrever a inauguração do local como um produto de convergência entre a comunidade da Serra,  especialmente bento-gonçalvense, o secretário da Administração Penitenciária, Cesar Faccioli, destacou que a inauguração não representa apenas um novo prédio, e sim, uma nova dinâmica de trabalho prisional.

“Passamos por um momento delicado, com uma crise estrutural e histórica de déficit prisional. Não podemos nos deixar levar pelo desespero. Temos de levar como referência casas como o presídio de Canoas, que foca a ressocialização do preso, permitindo que trajetórias possam ser recicladas e que vidas possam recomeçar”, disse Faccioli.

A solenidade também contou com a presença do superintendente da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), César da Veiga, do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, do secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, e do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin.

A construção, realizada pela Verdi Sistemas Construtivos, começou em maio do ano passado, tendo 12 meses como prazo inicial previsto para o término. As obras foram concluídas dentro do prazo, mas a inauguração atrasou devido a questões burocráticas e liberação de alvarás, situações já solucionadas. O governador, acompanhado por Ranolfo e por Faccioli, já havia visitado e inspecionado a penitenciária em julho deste ano.

A realocação dos presos será feita em etapas, tendo como critérios variáveis discutidas e avaliadas pelas secretarias da Segurança Pública e da Administração Penitenciária. Os detalhes não serão revelados por motivos de segurança.

O governador também garantiu que o antigo Presídio Estadual de Bento Gonçalves será demolido. “Vamos devolver o espaço à sociedade, atendendo à demanda que a cidade julgue necessária, conforme acordado”, garantiu. Além disso, um novo Batalhão de Choque, com 110 novos policiais, será instalado na serra, em Caxias do Sul. Outro está garantido para Pelotas. Os batalhões de Santa Maria e Passo Fundo ganharão reforços.

Novas vagas para o sistema prisional

A criação qualificada de vagas prisionais por meio da Secretaria de Administração Penitenciária (Seapen) é o principal objetivo traçado pelo quarto eixo – sistema prisional – do RS Seguro.

Pelo sistema de permuta de imóveis do Estado por área construída, estão em andamento as obras da Penitenciária Estadual de Sapucaia do Sul (600 vagas), que deverá ser entregue até o final deste ano. Também via permuta, será realizada ampliação no Complexo Prisional de Canoas, com investimento de R$ 6,98 milhões para 192 vagas até o final de 2019.

Com recursos do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), está em construção a Cadeia Pública de Alegrete (286 vagas), prevista para ficar pronta no 1º semestre de 2020. O RS ainda obteve com a União a renovação de prazo para retomar as obras da Penitenciária Estadual de Guaíba (672 vagas), que deverá ser concluída com recursos do Estado até o final do próximo ano.

Texto: Suzy Scarton
Edição: Patrícia Specht/Secom

13122247_105035_GDO.jpeg

Ranolfo assina criação de área integrada de segurança

em Caxias do Sul

Governador em exercício, o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, assinou na tarde desta quinta-feira (12/9) a criação das Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) de Caxias do Sul. A medida faz parte das ações do programa transversal e estruturante RS Seguro para os 18 municípios priorizados pelo planejamento estratégico.

A assinatura do decreto ocorreu ao final do encontro mensal de Gestão Estatística em Segurança (Geseg), que reuniu autoridades das forças de segurança pública dos 18 municípios no Salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

Mais do que uma premissa, a integração entre os órgãos de policiamento é vista dentro do RS Seguro como instrumento fundamental para ampliar a eficiência do combate à criminalidade e a redução dos índices, cujo resultado até agosto também foram divulgados na reunião de Geseg, mantendo a tendência de queda em praticamente todos os delitos – e a implantação das AISP é a concretização prática dessa estratégia.

“As AISP consistem na compatibilização das áreas de atuação nas cidades pela Polícia Civil e pela Brigada Militar. Isso permitirá melhor sintonia entre as delegacias de polícia e batalhões que atendem as diferentes regiões de uma cidade, facilitando a troca de informações e o trabalho conjunto”, afirmou o governador em exercício.

Em Caxias do Sul, serão três AISP, cada uma responsável por determinado número de bairros da cidade, conforme os distritos da Polícia Civil, no quais haverá compatibilização para o atendimento integrado com uma das duas companhias da Brigada Militar no município. A 1ª Cia da BM terá a mesma circunscrição territorial da 1ª e da 3ª DPs distritais de Caxias do Sul. A 2ª Cia da BM vai atuar na mesma área territorial da 2ª DP distrital.

O primeiro dos 18 municípios prioritários do RS Seguro a aplicar o sistema foi Canoas, cujas AISP foi criada por decreto assinado pelo governador Eduardo Leite no dia 15 de julho. A meta é implantar as AISP nos 18 municípios até dezembro de 2020.

 

POR CARLOS ISMAEL MOREIRA / SSP

Foto: Rodrigo Ziebell / SSP

formatura guarda civil.jpeg

Convite para formatura da guarda civil municipal é entregue ao

vice-governador do estado

Nesta quinta-feira, 18, o vice-prefeito, Aido José Bertuol, juntamente com o capitão da Brigada Militar, Diego Caetano de Souza, que será nomeado secretário de Segurança de Bento Gonçalves, realizaram a entrega do convite para a formatura da Guarda Civil Municipal ao vice-governador e secretário de Segurança Pública do Estado, Ranolfo Vieira Júnior. A formatura dos 18 agentes será realiza no dia 27 de julho, sábado, às 10h, na Via Del Vino.

 

Assessoria de Comunicação Social

Foto: Divulgação

11142114_100304_GDO.jpeg

Formatura do curso de Batedores Motociclistas, entrega de armamento e talonários eletrônicos

Na segunda-feira (10/6), às 17h, no Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), em Porto Alegre, foi realizada a solenidade de formatura da 7ª edição do curso de Batedores Motociclistas, entrega de armamento e talonários eletrônicos de multas.

O curso teve duração de 50 dias com intensas atividades realizadas sob a coordenação do Pelotão de Motos do CRBM e supervisão do Departamento de Ensino da Brigada Militar.

 

Foram 300 horas-aulas distribuídas entre as disciplinas de direção defensiva, noções gerais de mecânica, manutenção e conservação de motocicleta, noções de socorros públicos, habilidades I, II e III, técnicas básicas e avançadas de pilotagens com motocicletas, técnicas de abordagens, proteção armada, escoltas, avaliação prática, avaliação teórica. 

 

Na ocasião, foram entregues 40 carabinas da marca Imbel calibre 556 mm, modelo IA2 e 150 talonários eletrônicos de multas. Os recursos envolvidos na aquisição têm como origem o tesouro do Estado através da Secretaria de Logística e Transportes por meio do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem.

Prestigiaram o evento, o Vice-Governador e Secretário de Estado da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Junior; representando o presidente da Assembleia Legislativa, a deputada estadual, Franciane Bayer; comandante-geral da BM, coronel Mário Yukio Ikeda; o diretor da Divisão de Programas de Pós-Graduação da Polícia Civil, Delegado Adriano Pelusio Melgaço Junior; diretor de Administração e Finanças DAER, Pablo Pecoits Xavier; demais autoridades civis e militares.

POR COMUNICAÇÃO SOCIAL/EMBM

viaturas.jpg

BENTO RECEBE VIATURAS E FUZIS PARA ÓRGÃOS DE SEGURANÇA DO MUNICÍPIO

 

Na manhã desta segunda-feira, 27, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, o Município  recebeu cinco viaturas para a Brigada Militar e três fuzis para a Polícia Civil. Os veiculos foram entregues pelo Governador Eduardo Leite e o vice e Secretário de Segurança, Ranolfo Vieira Junior.

 

O Prefeito Guilherme Pasin, secretário de Segurança, tenente-Coronel José Paulo Marinho, e o já anunciado secretário que deverá assumir a pasta nos próximos dias, capitão Diego Caetano de Souza acompanharam a entrega.

 

Na oportunidade, o Governo do Estado entregou 226 viaturas SUV e 46 viaturas picapes para a Brigada Militar. A Polícia Civil recebeu 89 carabinas. Os veículos e o armamento foram adquiridos via emenda parlamentar da bancada federal gaúcha.

 


"As viaturas e os fuzis que recebemos hoje compõe um pacote de investimentos no valor de R$1,3 milhão que foram captados pela Secretaria de Segurança de Bento Gonçalves, através de emendas parlamentares. É um momento de conquistas para o Município e uma soma de todos os esforços", enfatizou o prefeito Guilherme Pasin.

 


O Município ainda deve receber nos próximos dias 14 câmeras de videomonitoramento, quatro fuzis para a Brigada Militar, e seis coletes a prova de balas para a Polícia Civil.

 

 

Assessoria de Comunicação Social

Fotos: Emanuele Nicola

Jornalista Responsável

Jairo Caprara - MTPS 3522

oecodovale@italnet.com.br

 

Filiado à ADJORI/RS e ABRAJORI

© 2016 by LHS - Assessoria Digital